NOTA DE REPÚDIO A POSIÇÃO DA FUNAI SOBRE A REINTEGRAÇÃO DE POSSE DADA A UMA PARTE DA ALDEIA NOVOS GUERREIROS

Porto Seguro – BA, 30 de agosto de 2020

A Aldeia Indígena Novos Guerreiros vem através deste repudiar veementemente a posição da Fundação Nacional do Índio – FUNAI expressada oficialmente através de ofício circular de número 28/2020/COGAB – PRES/GABPR/FUNAI, o qual entre outras coisas diz que:


“Em resumo: Casos de invasão de propriedade particular por indígenas integrados não geram atuação judicial da PFE FUNAI em prol dos grupos invasores. Isso seria fomentar futuras condenações da entidade indigenista brasileira por apoio a essas ações ilícitas, ainda que as mesmas sejam denominadas de ‘retomadas’ e o objetivo seja forçar a demarcação territorial, que segue rito próprio previsto em decreto presidencial.”

Vemos aqui que a FUNAI se mostra totalmente conivente com um sistema político ideológico que a mais de cinco séculos não mede esforços para tentar exterminar as Nações Indígenas no Brasil.
Criada nos seios de uma ditadura militar sangrenta, a FUNAI nunca escondeu seus objetivos integracionistas, contudo é espantoso e vergonhoso tamanha falta de escrúpulos de um órgão que em tese existe para dar assistência aos povos indígenas, ao manifestar-se publicamente contra aquele que é o motivo de sua existência. Essa atitude apenas Deixa claro a vergonha e o desmantelo atual do referido órgão indigenista. Atitudes colonizadoras como estas precisam ser duramente combatidas.

A FUNAI sabe, e os documentos histórico deixa claro, que o território em questão tem uma forte presença indígena desde a invasão, onde sofríamos com constantes tentativas de extermínios, éramos assassinados e expulsos, mas sempre retomávamos o que é por direito nosso. Assim aconteceu diversas vezes e ainda continuará acontecendo até o estado Brasileiro parar de negligenciar nossos direitos.

Nos não erramos, não invadimos terra alguma. Nosso erro talvez tenha sido a ingenuidade de imaginar que podíamos viver em harmonia com pessoas que vivem e reproduzem um modo de vida centrado nos ideais da sociedade capitalista.

O que reivindicamos é apenas aquilo que a mais de um milênio pertence a nossos povos, o motivo pelo qual nossos ancestrais derramaram seu sangue e pelo qual estamos prontos para fazer o mesmo.

Invasores podem ser os que tentam usurpar nossas terras, ou os que por interesses inimagináveis emitem decisões de reintegração de posse nos territórios indígenas, não nos cabe essa titulo de invasor.
Para nos, Ilícito é ser omisso as difíceis situações em se encontra os povos indígenas atualmente no Brasil, Ilícito é despejar famílias para favorecer a grilagem de terras indígenas, ilícito é declarar guerra contra mais de 300 povos dizendo que “indígenas não vai ter nem um palmo de terra”.

Nossa luta é legítima, necessária e só acabará quando o sangue do último índio for derramado.

Atenciosamente, comunidades Indígenas Novos Guerreiros

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close